tá todo mundo mal jout jout livro

Tá Todo Mundo Mal: As crises de Jout Jout (que também podem ser as suas)

• 31/05/2016

Eu vivi muitas crises ao longo da minha vida. É um sofrimento quase diário, na verdade. Quando decidi depilar as sobrancelhas pela primeira vez? Crise. Quando topei fazer uma palestra, sem perceber que teria que falar na frente de cem pessoas? Crise. Quando descobri que incenso faz mal? Crise. Quando derramo coisas nos meus livros? Crise. Quando virei adulta? Crise eterna. Jout Jout pode ser encarada como uma manjadora de crises. Caso você ainda não conheça essa figura, aqui vai uma breve introdução: ela é uma youtuber carioca que estourou após o vídeo NÃO TIRA O BATOM VERMELHO, em que […]

Leia mais

P_20160408_142925

Um texto sobre São Paulo, encaixes e fones de ouvido (e muitos parênteses)

• 24/05/2016

Eu gosto de mudar. Mudo toda hora, na verdade. Muitas vezes sem perceber. Devo ter trocado os móveis do meu apartamento de lugar umas mil vezes, renovei meu guarda-roupa, abandonei livros que não me traziam nada de bom e descobri que uma xícara bem quentinha de café com leite pode salvar um dia ruim. Dizer que as coisas mudaram bastante desde que me mudei para São Paulo é eufemismo. Sabe, embarcar numa nova fase (que não é mais tão nova assim, mas deixa pra lá) pode ser bem cansativo e trabalhoso. De repente, quem exige é você. E quem decepciona também. É muito […]

Leia mais

27064545911_4ab599ea3a_k

The Kiss of Deception: curiosidades e coisas maneiras reveladas pela autora

• 20/05/2016

Escrito pela norte-americana Mary E. Pearson, The Kiss of Deception roubou meu coração com apenas uma sinopse. Misturando elementos dos livros de Jane Austen e Kiera Cass (OU SEJA, MUITO AMOR), ele apresenta Lia, Primeira Filha da Casa Real, que decide fugir de um casamento arranjado que, supostamente, funcionaria como um acordo de paz entre dois reinos. Refugiada em um vilarejo distante na companhia de Pauline, sua criada e fiel amiga, ela procura ser uma pessoa comum, trabalhando como garçonete e escondendo seu passado no reino de Morrighan. Porém, ela não faz ideia de que, ao conhecer dois rapazes recém-chegados […]

Leia mais

tumblr_letcijYk021qbjrw4o1_500

Alerta de post motivacional: 25 coisas que aprendi aos 25 anos

• 17/05/2016

Aconteceu. Hoje é meu aniversário de 25 anos. O que é bem louco, porque parece que foi ontem mesmo que virei maior de idade e quis sair pedindo bons drinques e dirigindo por aí. Aliás, deixa eu contar um spoiler: nada muda. É sério. Você vai acordar de manhã e perceber que seu passado vergonhoso ainda está aí, que tem um monte de louça para lavar e que seu cabelo continua aquela droga bagunçada de sempre. Ainda assim, dá para mudar uma coisa bem importante: seu jeito de encarar as coisas. Eu tenho uma amiga que vive dizendo que achava que, aos 25 […]

Leia mais

IMG_6069

Bem-vindo a Crystal Lake: dissecando Sexta-Feira 13, um clássico do terror slasher

• 09/05/2016

A Hora do Pesadelo, Halloween, O Massacre da Serra-Elétrica, Psicose e Sexta-Feira 13 têm uma coisa em comum: todos são filmes slasher, ou seja, são histórias sobre assassinos que fazem suas vítimas em sequência, ou aleatoriamente ou por puro desejo de vingança. De todos esses, Sexta-Feira 13 provavelmente é o que mais tem histórias para contar. Tudo começou no dia 9 de maio de 1980, quando o filme estreou nos cinemas norte-americanos e apresentou ao mundo um grupo de adolescentes, monitores do acampamento de férias Crystal Lake, que são mortos por um assassino misterioso. Dirigido e produzido por Sean Cunningham, […]

Leia mais