IMG_6172

Como usar o Skoob mudou minha vida de leitora: um depoimento

• 02/06/2016

Ou como sou idiota por só ter aproveitado agora todos recursos da plataforma.

Eu criei o meu perfil no Skoob no mesmo ano em que o site entrou no ar, e lembro de ter achado BEM GENIAL a ideia de uma rede social de leitores. Finalmente eu teria um lugar para marcar as minhas leituras, salvar os livros que eu ainda queria ler e acompanhar minha evolução numa estante virtual que cataloga todos os meus livros. Certo?

É. Mas não foi o meu caso, pelo menos no começo. Por algum motivo bizarro, eu passei anos só marcando as minhas leituras concluídas. Quem tinha me adicionado por lá sabe: meu perfil parecia abandonado, com apenas algumas atualizações mensais e nada mais. Eu simplesmente não enxergava como eu poderia usar todos os recursos da plataforma ao meu favor.

IMG_6191

Em vez disso, eu marcava livros que queria comprar e ler em papéis aleatórios que, obviamente, desapareciam no instante em que eu fazia uma faxina na gaveta. Também anotava na agenda, no bloco de notas do celular… enfim. Bagunça total.

Clique aqui pra me adicionar e acompanhar minhas leituras :)

Não faço ideia de quantos livros legais vi por aí e perdi de vista porque simplesmente não tinha vontade de organizar meu perfil. Eu marcava minha meta de leitura num diário que eu atualizava cinco vezes por ano. E se eu tivesse marcado uns livros na lista de desejados? Vai saber as belezinhas que eu teria hoje na minha estante.

Foi só nesse ano que eu percebi como isso tudo era muito idiota da minha parte. Fazendo uma comparação bem mais ou menos, é como usar o Facebook só para fuçar a vida dos outros e não aproveitar a quantidade de informação que você pode obter na rede. Desonra pra mim, né.

C2AoJHo

Acho que trabalhar numa redação e receber vários releases de editoras diariamente abriu meus olhos para a enorme quantidade de novidades que são publicadas todo mês. A gente, como leitor, só costuma acompanhar as notícias sobre o nicho que gostamos de ler (o que é totalmente justo). Mas tendo a oportunidade de enxergar isso tudo de um modo mais aberto…

Bom, eu comecei a sentir necessidade de organizar tudo. É MUITO LIVRO, GENTE. Sabe quando aqueles surtos de inspiração e força de vontade aparecem do nada e ameaçam sumir na mesma velocidade? Eu tenho isso com muitas coisas, e sei que se eu não aproveitar o pique de adrenalina, eu vou deixar o momento passar e só correr atrás meses depois. 

Se você tá lendo esse post e ficou confuso e querendo saber que droga é Skoob, eu explico rapidinho: é uma rede social colaborativa de leitores. Lá você pode criar um perfil e catalogar suas leituras, dar notas, fazer trocas e saber a repercussão de algum título.

IMG_6179

Enfim. Como eu já tinha o costume de marcar todos os livros que li, já pude passar para a próxima fase. Primeiro eu organizei todos os livros que tenho aqui em São Paulo. Marquei todos como tenho e marquei como lidos alguns que tinham passado despercebidos. Depois, mandei uma inbox enlouquecida pra minha mãe pedindo que ela tirasse fotos das estantes do meu quarto em Santos pra eu organizar tudo. É SÉRIO. OLHA O NÍVEL DE INSANIDADE.

Depois que ela me passou as fotos (questionando de maneira discreta minha saúde mental, imagino) e eu terminei de marcar as leituras, refiz todas as avaliações dos livros, deletei e acrescentei resenhas e revisei os favoritos. Também exclui os abandonados, porque não achei que valia a pena mantê-los ali.

Aí entrei em perfis de amigos pra pegar dicas legais e marcar na minha lista de quero ler e desejados. Também entrei nos sites das minhas editoras favoritas e dei uma olhada no catálogo para ver se algo muito promissor não tinha passado batido. Troquei a foto, mudei a descrição do meu perfil, fiz uma meta de leitura (que já tá comprometida, mas isso é assunto pra outro post), comecei a criar históricos de leitura, me inscrevi no Plus e fiz um monte de trocas.

Tudo isso em menos de duas semanas. Vai lá zoar o Walt Disney, que dizia que se a gente sonhar a gente pode fazer.

IMG_6194

De uma maneira bem louca, ver o meu perfil todo arrumadinho tá me incentivando bastante a ler mais. Ao longo do ano passado sofri muito de ressaca literária, e foi tão pesado em alguns momentos que cheguei a me perguntar se eu conseguiria recuperar o ânimo para ler de antes. E, mesmo que minha velocidade de leitura esteja BEM reduzida, eu tô melhorando. Devagar, mas tô. Claro que não é só por causa do Skoob, mas foi um jeito que eu encontrei, meio que sem querer, de me estimular.

Se você também não aproveita todas as funcionalidades da plataforma, eu recomendo tirar uma tarde e dar uma revisada no seu perfil. De verdade. É claro que algumas coisas no site precisam melhorar; por exemplo, eles ainda estão devendo uma seção de quotes e o meu app às vezes dá uns bugs doidos de ficar piscando a tela e dar erro na minha senha, mas de modo geral é uma alternativa bem legal. Aliás, vale a pena ler esse post da Pipoca Musical sobre como funciona a rede.

Esse parece um post meio sem pé nem cabeça, mas eu só queria compartilhar como tô empolgada em ver meu perfil todo arrumadinho. Só encontrei um ponto negativo em tudo isso: agora fiquei ainda mais ciente de que nunca vai dar tempo de ler todos os livros que eu quero.

comente pelo facebook
Ou pelo formulário


14 comentários