O que tem de bom em Textos:
tá todo mundo mal jout jout livro

Tá Todo Mundo Mal: As crises de Jout Jout (que também podem ser as suas)

• 31/05/2016

Eu vivi muitas crises ao longo da minha vida. É um sofrimento quase diário, na verdade. Quando decidi depilar as sobrancelhas pela primeira vez? Crise. Quando topei fazer uma palestra, sem perceber que teria que falar na frente de cem pessoas? Crise. Quando descobri que incenso faz mal? Crise. Quando derramo coisas nos meus livros? Crise. Quando virei adulta? Crise eterna. Jout Jout pode ser encarada como uma manjadora de crises. Caso você ainda não conheça essa figura, aqui vai uma breve introdução: ela é uma youtuber carioca que estourou após o vídeo NÃO TIRA O BATOM VERMELHO, em que […]

Leia mais

P_20160408_142925

Um texto sobre São Paulo, encaixes e fones de ouvido (e muitos parênteses)

• 24/05/2016

Eu gosto de mudar. Mudo toda hora, na verdade. Muitas vezes sem perceber. Devo ter trocado os móveis do meu apartamento de lugar umas mil vezes, renovei meu guarda-roupa, abandonei livros que não me traziam nada de bom e descobri que uma xícara bem quentinha de café com leite pode salvar um dia ruim. Dizer que as coisas mudaram bastante desde que me mudei para São Paulo é eufemismo. Sabe, embarcar numa nova fase (que não é mais tão nova assim, mas deixa pra lá) pode ser bem cansativo e trabalhoso. De repente, quem exige é você. E quem decepciona também. É muito […]

Leia mais

Little Oil

Mais um fim de semana como todos os outros

• 14/03/2016

Eu sei. Desculpa. Fiquei com cólica ontem à noite. Não deu para ver aquele filme que a gente combinou, e eu juro que queria ter lavado a louça antes de dormir para não deixar acumular. Sei que você não gosta quando brinco de Jenga com os pratos e faço loucuras como comer o cereal num pote de plástico qualquer. Mas é difícil encarar a água gelada com dor, sabendo que o contato com a água fria pode fazer tudo piorar. Faltou forças, sabe como é. Às vezes acontece, por um motivo específico ou porque simplesmente preciso parar, respirar fundo, contar até mil […]

Leia mais

Sem título

A jaqueta de couro de Jenny Beavan e como a roupa certa é a que você quiser usar

• 01/03/2016

E mais um Oscar chegou ao fim. Além da parte óbvia de ver atores, diretores e compositores maravilhosos premiados por trabalhos mais incríveis ainda, uma das minhas partes preferidas da premiação é acompanhar o tapete vermelho para dar aquela conferida básica nos vestidos das atrizes. É isso aí. Apesar de ter usado roupas assim pouquíssimas vezes (e de não enxergar muitas perspectivas de black-tie no futuro), é divertido escolher quais deles eu usaria, quais eu jogaria numa fogueira mental gigante e coisas assim. O que acontece é que nem tudo o que eu vejo parece uma boa ideia. Sério, aqueles vestidos colados […]

Leia mais

tumblr_n15m5xDKvB1ts8pvto1_500

Você não é obrigado a gostar de Star Wars, mas tá tudo bem se você virou fã só agora

• 27/12/2015

Eu sei que você odeia quando comenta com alguém que nunca viu aquele filme e a reação é a pior possível. Olhares incrédulos, exclamações de puro choque e muito julgamento costumam preceder o bombardeio de perguntas como: “você não teve infância?”, “qual o seu problema?” e “mas você pelo menos conhece a história, né?”. Logo, aquele comentário inocente se transforma em algo enorme, e você é imediatamente tratado como se fosse um E.T. Eu nunca vi E.T., aliás. Desculpa aí, Steven Spielberg. Minha história com Star Wars não é nostálgica, bonita ou cheia de reviravoltas. Ela não envolve fantasias feitas […]

Leia mais